Menu
0
Produto adicionado ao carrinho com sucesso!
×

Menu
×
0
Produto adicionado ao carrinho com sucesso! ir ao carrinho

Monte seu pedido

Entre com os produtos ou monte seu formulario

    Pedido por Formulário
    Incluir em uma lista
    Adicionar ao Carrinho

    Todos os produtos foram adicionados com sucesso

    Seu carrinho encontra-se vazio

    Adicione algum produto para continuar

    ir ao carrinho
    Home Solução de Rádios IDUFW3D1048 - 1+0-UNIDADE INTERNA DE RADIO TRANSCEPTOR DIGITAL COM FI 140/350 MHZ 48V
    zoom

    IDUFW3D1048 - 1+0-UNIDADE INTERNA DE RADIO TRANSCEPTOR DIGITAL COM FI 140/350 MHZ 48V

    Código - 37100011

    (nenhuma avaliação)

    PARCELAMENTO EM 12X NO FURUKAWA CARD!

    Família de rádios FW-3D

    Informações Técnicas

    O FW-3D é um rádio digital de operação ponto-a-ponto (P2P) do tipo split, composto pela unidade interna (IDU) e a unidade externa (ODU).


    A solução apresenta modelos que operam nas frequências de 1,5 GHz, 2,2 GHz e 4 GHz, e possui respectivas potências de transmissão máxima no terminal da antena de 35, 30 e 32 dBm, podendo ser variada continuamente por software ou controlada automaticamente pelo ATPC (Automatic Transmission Power Control).

     

    Segurança

    O produto pode ser manuseado pelo usuário, não apresentando problemas quanto à descarga eletrostática.
    Porém recomenda-se fortemente que o usuário siga a Norma ANSI IPC-A-610 referente à descarga eletrostática (ESD) e utilize pulseira de aterramento quando manusear o equipamento.

     

    Informações Gerais


    O terminal de rádio FW-3D é um rádio digital de operação ponto-a-ponto (P2P) do tipo split, composto pela unidade interna (IDU) e a unidade externa (ODU). A ligação entre as unidades é por meio de um cabo coaxial comum (RGC-213) por onde trafegam as FIs de transmissão e recepção, a alimentação DC e os sinais de controle.


    A IDU consiste de único bastidor (1 U) com oito slots para os módulos de operação, como fonte de alimentação, interfaces de dados, unidade de processamento digital de sinais, modulador e demodulador, gerência, canais de serviço e relês de contato seco. A modularidade permite maior flexibilidade na configuração, expansão de serviços futuros após instalação e manutenção do equipamento em operação (hot swap).


    A ODU é constituída de única unidade que suporta intempéries para instalação em torre, próxima a antena. A unidade é composta pela fonte de alimentação independente da IDU, conversores de subida e descida, amplificadores de baixo ruído, amplificador de potência e filtro duplexador. As interfaces da ODU são todas externas.


    A solução apresenta modelos que operam nas frequências de 1,5 GHz, 2,2 GHz e 4 GHz, e possui respectivas potências de transmissão máxima no terminal da antena de 35, 30 e 32 dBm, podendo ser variada continuamente por software ou controlada automaticamente pelo ATPC (Automatic Transmission Power
    Control).


    A modulação pode ser configurada como adaptativa (ACM) sem perda de dados (comutação hitless) visando otimizar o desempenho para as mais variadas condições de propagação. A modulação de transmissão e recepção são independentes propiciando maior aproveitamento do enlace nos casos de divergência de desempenho entre as sub-bandas de TX e RX.


    A taxa de transmissão em layer 2 por canal de RF pode atingir 29 Mbps para canalização de 3,5 MHz, 117 Mbps para canalização de 14 MHz, 234 Mbps para 28 MHz, 247 Mbps para 29 MHz, 351 Mbps para 42 MHz e 413 Mbps para 56 MHz, e a modulação suportada é de 4 PSK até 1024 QAM.


    O rádio é configurado e monitorado local e remotamente por terminal VT-100, ou remotamente por rede Ethernet com protocolo SNMP. Nesse caso podem ser monitorados até 10 terminais remotos. A IDU tem LED’s para monitoração de alarmes e a ODU apresenta conector para RSSI.


    A impedância da interface E1 é de 120  balanceada ou 75  desbalanceada utilizando a régua conversora de impedância que pode ser fornecida com o equipamento. O tráfego dos tributários E1 pode ser desviado para as portas Ethernet 10/100/1000 disponíveis e a prioridade de tráfego das interfaces E1 é configurável. Permite realizar conexão cruzada de roteamento de E1.


    O equipamento pode operar nas seguintes configurações: 1+0, 1+1 HS (Hot-Standby), 1+1 SD (Space Diversity), 1+1 FD (Frequency Diversity) and 2+0 Twim Path, 2+0 XPIC (Cross Polarization Interference Cancellor) e B2B (Back to Back) com roteamento interno de dados (E1 e ETH).

    Downloads